Vestiário

Tenha o nosso conteúdo
Receba por email
Jean Carlos Gemeli

Sam Smith e a sua consagração no MOBO Awards

Como foi necessário para a música pop o estouro de Adele em 2012, também é essencial à vinda do, também britânico, Sam Smith, agora em 2014, para dar uma mexida na indústria fonográfica.

Vestiário

A cantora britânica, com seu jeitinho tímido, conquistou o público e os críticos. “21” já ultrapassa a marca de 30 milhões de cópias vendidas no mundo e conquistou mais de 100 prêmios, sendo 10 deles apenas no Grammy Awards. E na Billboard 200 está completando 192 semanas na lista.

Sam Smith, com seu álbum de estreia “In The Lonely Hour”, já alcançou 3 milhões de cópias mundialmente, e em apenas cinco meses. A crítica é só elogios ao cantor. Até o momento, Sam totaliza 20 indicações em premiações, sendo que ainda não saíram as do Grammy. A Billboard acredita que ele vai disputar de igual para igual com Beyoncé na maior premiação da música em 2015.

O cantor encontrou uma brecha no mercado musical e agarrou a oportunidade. Por mais que as paradas musicais estejam dominadas por cantoras, como mostra a Billboard em umas das últimas edições, as gravadoras já estão apostando em “novos” Sam Smiths, uma vez que o sucesso dele tem sido grandioso.

E na última quarta, dia 22, o cantor foi consagrado no MOBO Awards, premiação britânica que reconhece artistas, de qualquer nacionalidade ou etnia, que se destacaram no seguimento da música negra.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Sam Smith foi indicado a quatro categorias, e conquistou todas. Levou para casa as duas principais: Melhor Álbum por “In The Lonely Hour”, e Melhor Música pelo sucesso “Stay With Me". Ele desbancou a cantora Katy B, com o álbum "Little Red".

O cantor ainda saiu como o Melhor Artista Masculino e levou a concorrida Melhor Artista de R&B/Soul. Nesta última, ele tomou o prêmio da britânica Estelle, a cantora de “American Boy”, que já tem Grammy no currículo.

Se Adele conquistou prestígio internacional de proporções grandiosas somente no segundo trabalho, imagina o que seria com Sam Smith arrebentando com “In The Lonely Hour”. Quando Adele surgiu na indústria, não havia competidoras com o seu nível. Ela era única. Sam Smith também parece ter esse ponto a seu favor, e já está fazendo mais sucesso se comparado com o primeiro álbum da cantora, o também aclamado “19”.

“Stay With Me” está há 28 semanas na Hot 100, e está difícil retirar ele do top 10. E, pelo visto, é só o começo.

Jean Carlos Gemeli

J.K. Rowling vai publicar uma nova história de “Harry Potter” no Halloween

Vestiário
Dolores Umbridge é foco do novo conto de J.K. Rowling. Foto: Divulgação

No Halloween, J.K Rowling definitivamente deixará uma gostosura para os fãs de Harry Potter.

Em julho desse ano, J.K. Rowling escreveu pela primeira vez sobre a vida adulta dos personagens principais de Harry Potter desde o epílogo de "Harry Potter e as Relíquias da Morte". A curta história revelava o Menino Que Sobreviveu com 30 anos, cabelos grisalhos, enquanto assistia a final da Copa Mundial de Quadribol.

Na nova história, o enfoque muda para a maldosa Dolores Umbrige, interpretada pela atriz Imelda Staunton nos filmes. Umbridge era Secretária Sênior do Ministro da Magia e no livro "Harry Potter e a Ordem da Fenix" torturou Harry. Depois disso, foi condenada à prisão perpétua em Azkaban por seus crimes contra nascidos trouxas.

Mas no novo conto, que terá 1.700 palavras, a história volta no tempo e conta um pouco mais sobre a vida da bruxa. A promessa é que ele seja preenchido completamente com muitos novos detalhes. Além disso, ele também irá revelar os pensamentos em primeira pessoa de J.K. Rowling e as reflexões da autora sobre a personagem.

De acordo com o site The Independent, o recado no Pottermore provoca os fãs: "Umbridge não é somente uma das personagens mais maldosas de Harry Potter, mas a única além de Lord Voldemort que deixa uma cicatriz permanente".

A história de Dolores Umbridge deve ser lançada no Pottermore, em 31 de outubro, no Halloween.

Renan Riso

Kiesza te mostra como se preparar para o banho em “No Enemiesz”

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Revelação do ano, Kiesza continua a promoção do recém lançado “Sounds of a Woman”. Depois de “Giant In My Heart” ganhar um clipe, ela aposta em “No Enemiesz”.

A música, que já é uma delícia e super contagiosa, ganhou um clipe que segue a linha de “Hideaway”, mas dessa vez ela sai das ruas e vai dançar e fazer a festa no apê, mas sem bunda lê lê. Enquanto ela executa os passos e tira a peça de roupa, que vira uma companheira para a dança.

O clipe é bem executado, reforça as habilidades de dança da cantora e tem uma sacada bacana de colocá-la dançando antes de ir tomar banho. Quem nunca? Se você já dançava “Hideaway” pelas ruas, agora tem uma música e coreografia para dançar à caminho do banho também.

Yhury Nukui

Grammy vai ganhar especial de Natal para anunciar os indicados a Álbum do Ano

Vestiário
Divulgação

Então é Natal, e o que você fez?

A data mais lucrativa do ano para a indústria fonográfica está próxima e novidades começam, aos poucos, a ser divulgadas.

A primeira delas é que o Grammy, premiação de maior relevância da música, fará um especial de Natal, que vai ao ar na noite do dia 05 de dezembro. Para atrair os telespectadores, os indicados a categoria de Álbum de Ano do Grammy 2015 serão anunciados durante o programa.

Ariana Grande, Maroon 5, Tim McGraw e Pharrell Williams são os primeiros convidados musicais da noite confirmados, que deve trazer ainda artistas compartilhando suas recordações sobre o Natal e o que uma indicação ao Grammy significa para eles.

Os indicados ao 57º Grammy Awards, exceto os da categoria de Álbum do Ano, serão revelados na manhã do dia 05 de dezembro.

Yhury Nukui

A falta de originalidade de Iggy Azalea em “Beg For It”

Vestiário
Divulgação

Que Iggy Azalea é a mulher mais comentada da indústria fonográfica em 2014, tudo mundo já sabe!

A australiana, depois de muito trabalhar, explodiu com "Fancy", sua parceria com a também novata Charli XCX, e foi abraçada pelos charts norte-americanos, por onde permaneceu em primeiro lugar por sete semanas consecutivas com a citada faixa. Já são cinco músicas de trabalho com ótimo desempenho nas paradas.

Muito requisitada para parcerias, Iggy resolveu que era o momento de relançar o seu "The New Classic", que chega às lojas em 24 de novembro, mesmo dia em que Nicki Minaj lança seu novo disco e Selena Gomez, sua primeira coletânea. "Reclassified" traz cinco faixas novas e o carro-chefe, "Beg For It", acaba de ser divulgado.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

A faixa, que a traz dividindo as atenções com a cantora MØ, é decepcionante em alguns sentidos. Embora mantenha o alto padrão das produções de Iggy, ela nada se difere da fórmula já apresentada em "Fancy". Aliás, em alguns momentos, a convidada parece copiar os trejeitos vocais de Charli XCX, responsável pela composição da música.

"Beg for It" tem tudo para explodir e este seria o momento oportuno para MØ, que não é conhecida do grande público, mostrar aquilo que mais atrai a sua base de fãs: originalidade. Não foi dessa vez!

A chance de se redimirem será com o clipe, cujo diretor será ninguém menos que o grande David LaChapelle. Alguém duvida de algo grandioso a caminho? Mas enquanto a gente aguarda, a dupla se apresenta neste sábado (25) no Saturday Night Live.

Yhury Nukui

Trailer de “Batman v Superman” deve sair antes do fim do ano

Vestiário
Primeiro trailer será focado em Ben Affleck e seu Batman. Foto: Divulgação

Segurem-se!

Os fãs da DC Comics não precisarão esperar por muito tempo para ter algo mais revelador a respeito do filme "Batman v Superman: Dawn of Justice".

Segundo rumores, o primeiro trailer do longa-metragem deve estrear entre novembro e dezembro, dando bastante destaque ao Homem-Morcego, interpretado por Ben Affleck. Em julho, durante o Comic-Con, o diretor Zack Snyder exibiu um teaser, que acabou não sendo divulgado oficialmente.

A Warner Bros. também estuda uma forma de colocar o trailer nos cinemas, mais precisamente na estreia de "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos", filme que encerra a trilogia fantástica de J. R. R. Tolkien e chega aos Estados Unidos em 17 de dezembro.

"Batman v Superman: Dawn of Justice" tem estreia prevista para 25 de março de 2016.

Jean Carlos Gemeli

Os grandes números do ainda não lançado “1989”

O novo álbum de Taylor Swift está previsto para o dia 27 de outubro, mas até lá, muita coisa pode acontecer. E a moça não vem brincando em serviço na divulgação de “1989”.

Vestiário
Divulgação

Ela já lançou, oficialmente, quatro faixas do novo disco, além de dois comerciais (uma para a Diet Coke, e outro para a Target). Vive postando trechos de algumas letras no Instagram, entrou no Tumblr, e teve uma agenda cheia de apresentações fora dos Estados Unidos, do Reino Unido à Austrália.

Acha que foi muito? Ela também estampou capa de importantes revistas, como a Rolling Stone, e foi eleita, novamente, a Mulher do Ano pela Billboard. A lista é grande!

E não é só agenda de compromissos de Taylor que impressiona. Os números das faixas lançadas, também.

Shake It Off
Lançada em 18 de agosto, já começou com o pé direito. Foram 544 mil downloads legais na primeira semana só nos Estados Unidos, um estouro. Hoje, “Shake It Off” já soma 2,5 milhões de vendas, o que garantiu dois Discos de Platina da RIAA. Na lista Adult Pop Songs, da Billboard, quebrou o recorde como melhor debute na 12ª posição.

Na Hot 100, a principal lista, chegou ao topo e atualmente está em segundo lugar.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Out Of The Woods
Co-escrita com o guitarrista da banda fun., Jack Antonoff, “Out Of The Woods” foi lançada em 14 de outubro. Em apenas 11 minutos, tirou “Shake It Off” do topo de iTunes nos Estados Unidos. Na parada Digital Songs, da Billboard, é a música mais baixada da semana com impressionantes 195 mil downloads.

A última vez que alguém teve duas músicas simultaneamente nas duas primeiras posições, foi a própria Taylor em 2012 (com “We Are Never Ever Getting Back Together” e “Ronan”). “Out Of The Woods” aparece como trilha sonora no vídeo das audições secretas do álbum de Taylor com os fãs, como contamos aqui.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Welcome To New York
Lançada no iTunes no último dia 20, já está em primeiro lugar nos Estados Unidos. A música foi co-escrita por Ryan Tedder, vocalista do One Republic. Isso faz com Taylor Swift tenha o top 3 no iTunes.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Style
Lançada no comercial da Target para versão deluxe do álbum, que conterá três faixas extras e três gravações de voz.

Ainda não há previsão do lançamento de “Style” no iTunes. Taylor entoa alguns versos no comercial estilizado com fotos da Polaroid.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Se apenas com quatro faixas lançadas, os números já são grandiosos, o que podemos esperar na próxima terça, dia 27, quando “1989” será lançado?

Yhury Nukui

Um momento de reflexão sobre as eleições

Vestiário
Reprodução

Os nervos estão à flor da pele. Desde o fim da Copa das Copas (#sdds), só se fala na festa da democracia que, aliás, está tão animada quanto um filme de ação. Com direito a um plot twist que causou uma séria mudança no cenário e deixou o que era complicado, ainda pior. De julho até aqui, parece ter passado mais de 365 dias, tamanha a intensidade do negócio.

Aécio, o grande favorito a disputar o segundo turno com Dilma, foi vendo seu eleitorado se bandeando pro lado de Marina Silva, substituta de Eduardo Campos, que não soube conter o chorume na boca e acabou tornando-se uma das maiores decepções para as eleições presidenciais. E então, numa reviravolta, Aécio Neves levou a melhor perante Marina e correu para o segundo turno, com uma diferença pequena, mas expressiva se compararmos ao que indicavam as pesquisas, contra Dilma Rousseff, candidata à reeleição.

As manifestações de apoio são extremamente importantes em épocas de eleições. Não só podemos, como devemos nos posicionar e, porque não, fazermos uma campanha para aquele que julgarmos melhor para o cargo mais importante de uma nação com regime democrático. Mas o que tem se visto nos últimos meses, é uma visão completamente deturpada de política e ser político.

Nunca se viu uma quantidade tão grande de pessoas que até ontem não sabiam a diferença entre governo de esquerda e direita, dando pitaco no voto alheio. Tal como na Copa, onde as pessoas que criticaram o evento estavam aproveitando a festa nos estádios, nas eleições, ir contra o PT virou questão básica para a primeira aula de "como se portar perante as pessoas no período eleitoral".

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Não estou aqui dizendo que Dilma é a melhor candidata do universo. Omissa em alguns casos, especialmente àqueles ligados às minorias, a Presidenta podia sim, ter feito um governo melhor, mas não é tudo isso de ruim que cantam para as pessoas.

Lula e Dilma proporcionaram que toda a população tivesse acesso a melhores condições de moradia, alimentação, transporte e trocentas coisas que todo mundo que acompanhou de perto o seu governo - o que é obrigação de alguém que quer ser político - sabe muito bem reconhecer.

Mostraram aos brasileiros, que nós não somos capachos dos nossos governantes, e que não devemos acatar tudo como nos entregam. Que é possível sim, condenar àqueles que nos roubam, e mesmo que demore e nem seja tão fácil assim, tirá-los do poder. Pois bem, Lula e Dilma nos ensinaram o que é ter uma democracia, de fato: deixar com que todos tenham direitos iguais.

O que não posso tolerar, de forma alguma, é que pessoas de fora venham dar pitaco num lugar que nem pertence a eles. Lindsay Lohan, Naomi Campbell e Mark Ruffallo, este último que eu considero muito como profissional, que vão pro raio que os partam. É inadmissível, pra mim, que eles venham dar apoio à um candidato que eles pouco conhecem. E ainda pior: usar da influência de quem os admiram para conquistar votos para tal.

Baseado em quê? Em um vídeo facilmente manipulado? Mark Ruffalo foi notificado a tempo e, em menos de 24 hrs, retirou seu apoio à Marina Silva. Quanto a Lindsay Lohan e Naomi Campbell, parecem estar sendo vítimas de uma ação de marketing, mas até que se prove o contrário, o caos se instaurou, já que inverdades se propagam de forma muito mais rápida.

Não aceito que alguém que pouco conhece a nossa realidade, opinando sobre como nós devemos viver. Eles não tem poder para decidir o nosso voto. E nem deveriam usar de sua influência para isso. Antes que mencionem Danny Glover, que recentemente mostrou apoio à Dilma, o ator tem uma longa história com o Brasil: é casado com uma pesquisadora brasileira, é um militante dos direitos humanos e veio ao nosso país por diversas ocasiões para brigar por suas ideologias. Naomi e Lindsay vieram aqui pra que? Se embebedar em festas e serem recepcionadas aos gritos por seus fãs na porta do hotel?

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Só quem conhece a realidade do nosso país, somos nós, que aqui vivemos. Sou contra até aqueles que são brasileiros, moram fora do país e vão aos consulados para exercerem o seu dever de cidadania. É muito fácil para quem está lá decidir por nós, que estamos aqui dentro. Afinal, se alguma bomba explodir, nós é que sofreremos as consequências, não eles.

Não deixe que as pessoas manipulem o que você pense. Nem se deixe levar por aquilo que você não acredita. Mas antes de criticar Lula e Dilma, coloquem a mão na consciência e pensem no legado que eles deixaram ao Brasil.

Você nunca teve do que reclamar da vida? Ótimo. Muito bom. Fico feliz por você. Mas saiba que, há doze anos, muitas pessoas não tinham um emprego, uma casa pra morar, passavam fome e estavam na miséria. Estamos longe de ser um país perfeito, mas estamos lutando para que o ambiente que vivemos seja melhor todos os dias.

Pare de pensar que a briga de PSDB e PT é do bem contra o mal. Ninguém, em nenhum dos lados, será canonizado. Há corruptos em ambos os partidos, mas precisamos confiar nossa nação para alguém, senão seria mais simples viver no imperialismo. Confiar o país a alguém que honre as nossas ideologias e não faça com que o terror da miséria nos assombre.

Não basta ser político durante as eleições. Não somos cidadãos apenas de quatro em quatro anos. A democracia não é feita apenas com um Presidente. Somos um conjunto e, se não trabalharmos juntos, nada andará. E àqueles que querem voltar à Ditadura, pra instaurar o respeito nessa sociedade mal educada, tente recapitular a história e entender o quão cruel foi esse período no Brasil.

Não está contente e acha que só reclamar vai adiantar de alguma coisa? É simples. Saia. E leve o Lobão junto!

12