Vestiário

O melhor site de cultura pop e lifestyle gay do Brasil.

Pode ser que você ouça falar na Tori Kelly em 2015

Rejeitada pelo “American Idol”, a cantora continuou em busca do sucesso e tem tudo para estourar com o single “Nobody Love”.

Jean Carlos Gemeli
Pode ser que você ouça falar na Tori Kelly em 2015
Reprodução

Rejeitada pelo “American Idol”, mas pronta para dominar 2015, Tori Kelly chega com o carro-chefe “Nobody Love” para agitar o cenário pop. A sonoridade da faixa se encaixa perfeitamente nessa nova releitura do R&B dos anos 90 e, se bem trabalhada, pode virar hit na certa.

A canção foi produzida e co-escrita por Max Martin, que já trabalhou com Ariana Grande, Taylor Swift, Katy Perry, Britney Spears. Para você ter uma ideia, o produtor tem 51 produções no top 10 da Billboard Hot 100 e foi eleito Produtor do Ano pelo Grammy, no último domingo (08).

“Nobody Love” tem um pézinho em “Problem”, de Ariana Grande, mas o fato de possuírem o mesmo produtor revela o porquê. O problema maior foi ter escolhido lançar a faixa no mesmo dia que acontecia o Grammy. Tori não é tão conhecida assim pelo grande público e poderia ter segurado uma, ou até duas semanas e fazer uma divulgação caprichada.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

Para quem não a conhece, Tori Kelly era apenas uma candidata a mais na nona temporada de “American Idol”, que ainda tinha Simon Cowell como jurado. Ele, aliás, não gostou da cantora na primeira audição. Mesmo com o impacto negativo com o empresário, a cantora seguiu na competição, mas acabou não entrando no top 24.

Imediatamente ao sair do reality, Tori continuou a compor músicas e postar covers no YouTube e aos poucos foi criando um público cativo. Em 2012, ela lançou por conta própria o “Handmade Songs By Tori Kelly”, um EP com seis faixas compostas, produzidas e gravadas pela própria no quarto de sua casa. Depois de tanto insistir, Kelly começou a ser reconhecida e compondo alguns singles como “Fill a Heart” para a campanha “Feeding America”.

Há cerca de dois anos, Tori assinou com Scooter Braun, conhecido por agenciar Justin Bieber e Ariana Grande, que a apresentou para Capitol Records – a mesma gravadora de Katy Perry.

Ainda em 2013, ela lançou o segundo EP, “Foreword”, que teve singles de destaque, como a calminha “Dear No One”. No ano passado, ela se dedicou a compor músicas para o seu novo material, mas apresentações em parceria com a MTV americana com a turnê “Artist to Watch Live”, em que até cantou com Ariana Grande. A moça também abriu os shows de Ed Sheeran no Madison Squase Garden e acompanhou Sam Smith em sua turnê pelo Reino Unido.

Até esse momento, só havíamos visto Tori Kelly com o ar folk que se encaixa muito bem com a voz dela. Mas o que também se molda perfeitamente à cantora é o gênero R&B. E foi com ele que a moça foi reconhecida na parceria com o rapper Professor Green, na faixa “Lullaby”.

Este vídeo está no YouTube e pode deixar de ser exibido a qualquer momento

E finalmente, após tanto trabalho, a expectativa é de que o disco chegue até o meio deste ano. A promessa é que ele traga uma mistura de pop, R&B e folk, algo similar ao que fez Ariana Grande. Para o novo material, Tori Kelly está trabalhando com Ed Sheeran, Pharrel Williams, Shellback e, claro, Max Martin.

Após se encontrar no novo estilo pop/R&B, Tori admite: “Uma canção como ‘Nobody Love’ sempre foi a visão. Esse [novo estilo] é onde eu sabia que iria acabar terminando”.

Estaria nascendo uma mais uma candidata promissora ao universo pop?

Comentários
Leia Também
Newsletter

Assine e receba por email as nossas principais atualizações, além de conteúdo exclusivo!